Itinerário

• Castelo de Almourol

• Convento de Cristo

• Castelo de Tomar

•  Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

• Gruta de Mira de Aire

Faça já a sua reserva

Templários

Tour info

Sinta a mística dos Templários, numa rota privilegiada. A primeira visita é ao Castelo de Almourol, um dos mais belos castelos templários que foi reedificado em 1171, dois anos depois da conclusão do Castelo de Tomar e que com este integrava a linha do Tejo, uma linha defensiva entregue aos Templários pelos primeiros reis portugueses, na época da Reconquista.

O Convento de Cristo, em Tomar, sede das ordens religiosas e militares do Templo e de Cristo, classificado como património da humanidade, é a continuação natural da visita, dando-se especial atenção à Charola, testemunho não só da arquitectura templária, como, também, do esplendor Manuelino que se consubstancia na Janela da Sala do Capítulo, executada por Diogo de Arruda, no século XVI.

Segue-se para o Castelo de Tomar, cuja construção de 1160, se deve também a D. Gualdim Pais, Mestre da Ordem do Templo que aproveitou uma das colinas sobranceiras à cidade, na margem direita do Rio Nabão.

Pausa para um reconfortante almoço regional.

No Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, visita-se uma das grutas naturais mais espectaculares e mais bem preservadas de Portugal, a Gruta de Mira de Aire, também conhecida como Gruta dos Moinhos Velhos, com 11 quilómetros de extensão, dos quais apenas 600 metros são visitáveis. A visita faz-se por entre salas, galerias e cursos de água, descobrindo um mundo fantástico, feito de estalactites e estalagmites.